Cidades | Interrupção

Bairros de São José de Ribamar estão sem coleta de lixo

Moradores da região denunciam o acúmulo de resíduos há duas semanas e pedem providências à autoridades competentes para resolver a questão
Daniel Matos / O Estado22/07/2019
Bairros de São José de Ribamar estão sem coleta de lixoNa Rua 1, no Cohabiano II, lixo está acumulado na rua e porta de casas (De Jesus / O ESTADO)

SÃO JOSÉ DE RIBAMAR - Bairros de São José de Ribamar estão sem coleta de lixo e outros serviços de limpeza pública há cerca de duas semanas. Moradores denunciam o acúmulo de resíduos nas calçadas e até no meio das ruas e avenidas. Outra ameaça é a transmissão de doenças, já que o lixo amontoado em via pública atrai ratos, baratas, moscas e outros animais nocivos à saúde humana.

Um dos bairros afetados pelo problema é o Tijupá Queimado, vizinho à Vila Sarney Filho. Populares dizem já ter feito vários apelos para que a coleta de lixo seja normalizada, mas, até o momento, nenhuma providência foi tomada. A autônoma Aura Déa Azedo Matos, residente na Rua Nova I, é uma das que vem sofrendo transtornos diários causados pela paralisação da limpeza pública na localidade. “Nem mesmo uma explicação foi dada. Estamos sem a coleta e nem sabemos por que o trabalho não está sendo realizado”, queixou-se.

Outra área prejudicada pela interrupção do serviço é o Cohabiano II, bairro próximo ao Cohatrac. No local, todas as ruas adquiriram a aparência de lixões, com todo tipo de resíduo despejado em frente aos imóveis.

Na Rua Ebenézer, no Cohabiano, crianças brincam nas calçadas em meio à sujeira e ficam expostas ao risco de contrair enfermidades graves. O mau cheiro é outro incômodo para a comunidade, que também não sabe, até o momento, o motivo da suspensão da coleta por período tão prolongado. Na Rua 1 do Cohabiano II, todos os depósitos destinados ao descarte de lixo transbordaram e a sujeira está espalhada no chão.

O Estado enviou mensagem, via Whatsapp, à Assessoria de Comunicação da Prefeitura de São José de Ribamar, a fim de obter esclarecimento para a interrupção da limpeza pública. Até o fechamento desta edição, nenhuma resposta foi fornecida.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte