Política | Cadê o Queiroz?

Supremo determina suspensão de investigação contra Flávio Bolsonaro

A decisão vale em todo o país e se estende a qualquer pessoa investigada na mesma situação do filho do presidente Jair Bolsonaro
O Estado MA16/07/2019 às 15h48
Supremo determina suspensão de investigação contra Flávio BolsonaroO senador Flávio Bolsonaro ao lado do pai, presidente Jair Bolsonaro. (Reprodução)

Em decisão individual, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, suspendeu as investigações contra o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ). O inquérito era baseado nas denúncias de movimentações de seu ex-assessor, Fabrício Queiroz. Segundo o ministro, as investigações eram baseadas no compartilhamento de dados bancários e fiscais com o Ministério Público sem autorização do Poder Judiciário.

O ministro ainda requereu informações sobre procedimentos adotados em relação ao compartilhamento de dados ao Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), a Receita Federal e os ministérios públicos nos estados. A decisão vale em todo o país e se estende a qualquer pessoa investigada na mesma situação do filho do presidente Jair Bolsonaro.

Fabrício Queiroz é acusado de operar um esquema de pedágio no salário de funcionários do gabinete de Flávio na Alerj entre 2007 e 2018. Em 2016 o ex-assessor movimentou 1,2 milhão de reais em sua conta bancária, com uma série de saques e depósitos fracionados considerados atípicos pelo Coaf.

As suspeitas contra Flávio e Queiroz resultaram em um procedimento de investigação criminal aberto pela promotoria estadual no ano passado. Ação que foi suspensa por Toffoli.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte