Vida | Saúde

O avanço das células-tronco retiradas do dente de leite

Desafio agora é preparar as novas gerações para que tenham mais qualidade de vida; células são especiais, pois possuem grande potencial de multiplicação
09/07/2019

A partir do momento que sabemos que a medicina avança a passos largos e que nossos filhos terão a possibilidade de viverem mais, uma pergunta nos preocupa, já que não basta apenas a longevidade, mas a qualidade da vida. A boa notícia é que existe uma solução que já pode ser utilizada. Atualmente, a partir de células-tronco mesenquimais retiradas do dente de leite, já é possível uma reprogramação celular capaz de auxiliar na regeneração de diversos tipos de tecidos e órgãos, tais como: pele, células beta (pâncreas), cartilagem, tecido nervoso e adiposo, ossos, tecido cardíaco, fígado, dentes e músculos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte