Cidades | CONSCIENTIZAÇÃO

Igreja promove mutirão de limpeza na orla de São Luís

Ação promovida pela Igreja Messiânica Mundial do Brasil levou cerca de 100 jovens à Avenida Litorânea para retirada de resíduos na areia das praias Caolho e Calhau; 300 toneladas de resíduos são descartadas de forma irregular na cidade
MONALISA BENAVENUTO / O ESTADO08/07/2019

Um grupo de dezenas de pessoas percorreu a faixa de areia da Avenida Litorânea de São Luís na manhã de ontem (7) em busca do que não tem sido difícil encontrar na região, lixo. Na tentativa de minimizar os impactos que os resíduos descartados incorretamente podem causar ao ecossistema marinho, cerca de 100 jovens da Igreja Messiânica Mundial do Brasil fez o recolhimento de todo o rastro composto, majoritariamente, por resíduos plásticos, retirando uma grande quantidade de lixo espalhados pelas praias do Calhau e Caolho.
Com o intuito de estimular a consciência ambiental entre os participantes e, também, frequentadores da praia, o grupo de jovens messiânicos reservou algumas horas da manhã de domingo para promover um mutirão de limpeza da orla da capital. Liderados pelo ministro Gustavo Estevam, os adolescentes percorreram boa parte da faixa de areia e calçadão da Avenida Litorânea, entre as praias do Calhau e Caolho, de onde retiraram dezenas de sacos de lixo contendo garrafas de vidro, metais, fraldas, canudos, copos descartáveis e até mesmos resíduos hospitalares.
De acordo com o mentor da atividade, o intuito era praticar uma das diretrizes da religião messiânica: o altruísmo. “A gente monta uma programação para ser realizada durante todo o ano e, neste mês, incluímos esta ação para fazer algo pelo próximo e pelo meio ambiente, porque a nossa doutrina tem como base as leis da natureza e entendemos que ela faz parte da criação de Deus e nós, como habitantes, precisamos cuidar, respeitar e nada melhor para demonstrar esta preocupação do que cuidando de um espaço tão admirado por nós e pela população em geral”, esclareceu.
Apesar de realizada pela primeira vez pelo grupo, ações de limpeza das praias têm se tornado cada vez mais recorrentes em São Luís. O ato, valorizado por frequentadores da praia que já possuem certo nível de consciência ambiental é ainda mais admirado por quem lida constantemente com as consequências do lixo nos mares. O graduando em oceanografia, George Gualberto, conhece bem esta realidade e, além de entusiasmar os participantes da mobilização, alertou para os perigos que estes resíduos oferecem aos ecossistemas marinhos durante uma palestra realizada no início da ação.
“Existe um histórico de poluição muito grande de poluição na região costeira, então quanto mais pessoas estiverem dispostas a ajudar, a preservar, teremos um impacto positivo muito forte para podermos equilibrar esta situação de poluição com remediação. Com a palestra, pude conscientizá-los sobre os impactos antrópicos na região costeira, além de incentivar essa iniciativa de pessoas que dispõem do seu tempo livre em uma manhã de domingo para reverter um problema causado por outras pessoas”, ressaltou Gualberto.
Quem participou do mutirão pode conhecer um pouco mais sobre as consequências geradas pelo descarte inadequado de resíduos e, principalmente, colaborar para a redução destes impactos por meio da conscientização, como pontuou a jornalista Izabella Silveira, integrante do grupo.
“Nós sabemos que o que estamos fazendo aqui não vai salvar o planeta de uma vez só, mas imagine que esses cem jovens que estão aqui hoje criem uma consciência ambiental e levem isso pra mais cem pessoas? Eu tenho certeza que, daqui pra frente, vou pensar de outra forma quando ver ou precisar consumir um copo descartável, um canudo, por exemplo. Esse é o grande sentido desta ação”, ressaltou.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte