Polícia | Organização

Decretada preventiva para PMs envolvidos em assassinatos

Integrantes da quadrilha, acusados da prática de crimes na região de Aldeias Altas e Caxias, pram presos em abril pela Polícia Civil, estava cumprindo prisão temporária
Ismael Araújo03/07/2019

SÃO LUÍS - O Poder Judiciário converteu a prisão temporária em preventiva dos integrantes de uma organização criminosa, chefiada por militares, acusados de homicídios, roubo e extorsão no interior e em estados vizinhos. A polícia informou que mais de 14 assassinatos teriam sido praticados em menos de dois anos por esses criminosos nas cidades de Aldeias Altas e Caxias.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte