Vida | Ciência

Levitação magnética estável

Fenômenos magnéticos foram os primeiros a despertar a curiosidade do homem sobre o interior da matéria, sendo atribuídos aos gregos do século VIII a.C
Antonio José Silva Oliveira, físico, doutor em Física Atômica e Molecular, pós-doutor em Jornalismo Científico e professor da UFMA27/06/2019

A palavra magnetismo está associada ao fenômeno pelo qual um ente tem um poder de atrair e influenciar outro corpo. Sua origem está ligada ao nome de uma cidade da região da Turquia antiga que era rica em minério de ferro, a Magnésia. A palavra surgiu na antiguidade, associada à propriedade que fragmentos de ferro têm de serem atraídos pela magnetita, um material encontrado na natureza, de composição química Fe3O4. Os fenômenos magnéticos foram os primeiros a despertar a curiosidade do homem sobre o interior da matéria, sendo atribuídos aos gregos do século VIII a.C. os primeiros relatos de experiências com a força misteriosa da magnetita, o imã natural. A primeira utilização prática do magnetismo foi à bússola — inventada pelos chineses —, que é um instrumento baseado na propriedade de uma agulha magnetizada se orientar sempre na direção do campo magnético terrestre. Dessa forma, a bússola se transformou rapidamente numa fundamental ferramenta de orientação nas navegações no início da era moderna.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte