Esporte | Nova missão

Após saída "estranha" do Paysandu, Brigatti chega ao Sampaio nesta sexta-feira (28)

Treinador, que foi demitido do time paraense sem explicações, quando a equipe estava invicta, assume a Bolívia Querida
27/06/2019 às 17h49
Após saída "estranha" do Paysandu, Brigatti chega ao Sampaio nesta sexta-feira (28)João Brigatti durante sua passagem pelo Paysandu (Divulgação/Paysandu)

SÃO LUÍS – Depois de uma saída polêmica do Paysandu, quando foi desligado do clube sem explicações, quando o time estava invicto, com cinco vitórias e três empates, o técnico João Brigatti chega ao Sampaio para tentar fazer a equipe tricolor voltar a jogar bem. Lá no Campeonato Paraense, o comandante não conseguiu fazer o Papão apresentar um bom futebol, apesar dos resultados razoáveis em campo. Ele será apresentado nesta sexta-feira (28) no CT José Carlos Macieira.

João Brigatti foi dispensado de forma estranha do Paysandu, e segundo a imprensa paraense o presidente do clube alegou que o time não empolgava no Estadual, apesar da invencibilidade em campo.

Brigatti assumiu o Paysandu em setembro do ano passado. O técnico chegou com a missão de evitar o rebaixamento na Série B. Porém, não conseguiu o objetivo, conquistando quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas. No entanto, ele foi mantido para 2019, para ser demitido com oito jogos, ainda no início da temporada.

João Brigatti tem 55 anos, e chegará com o seu auxiliar técnico, Junior Amorim para comandar o Sampaio. O novo treinador boliviano embarcou para São Luís na manhã desta quinta-feira, com chegada prevista para o fim da tarde.

Com 14 pontos, o Sampaio é o 5ª colocado no Grupo A da Série C. A Bolívia Querida entra em campo neste domingo (30), às 18h, para enfrentar o Confiança, pela 10ª rodada da competição.

Saiba mais – Revelado na Ponte

João Brigatti é ex-goleiro e revelado na Ponte Preta, onde jogou entre 1985 a 1995. Ele é o segundo goleiro que mais vestiu a camisa do clube, com mais de 200 jogos, só é superado por Carlos Ganso. Ele foi também preparador de goleiros na Macaca e exerceu a mesma função na Seleção da Jamaica, Portuguesa, Jeonnam Dragons, da Coreia do Sul, entre outros clubes.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte