Estado Maior | COLUNA

Euforia prejudicial

26/06/2019

O governo estadual anunciou investimentos de R$ 140 milhões para a revitalização do centro de São Luís. O projeto “Nosso Centro”, sem qualquer constrangimento, foi tratado abertamente pelos aliados do Palácio dos Leões como um “pontapé” para que o secretário estadual de Cidades, Rubens Júnior (PCdoB), construa seu nome para ser candidato à Prefeitura da capital em 2020.
A euforia dos governistas poderia até causar problemas para o secretário se o Ministério Público Eleitoral voltar os olhos para esta proposta e acompanhar de perto como o dinheiro e o projeto em si poderão ser usados pelo comunista.
As declarações dos governistas podem trazer outro problema, mas desta vez para o próprio governo, já que há reclamação de falta de pagamento a fornecedores, precatórios em atraso e servidores públicos, a exemplo dos policiais civis, reclamando de engessamento salarial há mais de quatro anos.
Se forem citadas ainda as questões que envolvem a previdência no estado, fica evidenciado que a gestão estadual não tem condições de “investir” em qualquer nome para alavancar uma possível candidatura para o próximo ano.
Que as declarações e opiniões dos aliados do Palácio dos Leões não sejam o motivo real para os investimentos no Centro de São Luís. Que seja pela valorização da região central. E que os eleitores fiquem atentos às intenções dos gestores e suas ações.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte