Política | Era FHC

Aviões da FAB já eram usados para tráfico de drogas desde 1999

Operação Mar Aberto apreendeu 33 quilos de cocaína em Recife 20 anos atrás
O Estado MA26/06/2019 às 17h41
Aviões da FAB já eram usados para tráfico de drogas desde 1999Tráfico de drogas utilizando aeronaves da FAB não é novidade para a PF (Reprodução)

Os 39 quilos de cocaína apreendidos nesta semana em um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) na Espanha reacenderam a discussão sobre o uso de aviões do governo no tráfico de drogas. Uma operação da Polícia Federal revelou, 20 anos atrás, um esquema de tráfico internacional de drogas utilizando aeronaves da FAB. Na época, três oficiais da Aeronáutica foram processados e acabaram condenados.

Nesta terça (26) a polícia espanhola informou que prendeu um sargento da FAB transportando 39 quilos de cocaína em um avião da Aeronáutica que dava suporte à comitiva do presidencial com destino ao Japão.

A Operação Mar Aberto aconteceu em 1999 e desmantelou um esquema de transporte de drogas para a Europa utilizando aviões da FAB. Foram apreendidos 33 quilos de cocaína dentro de um avião Hércules C-130 na Base Aérea do Recife. O avião estava pronto para viajar para as Ilhas Canárias, também na Espanha.

Durante as investigações, a Polícia Federal descobriu que o esquema utilizava oficiais da Aeronáutica para descobrir as datas em que os aviões da FAB partiriam para a Europa e monitorar o embarque da droga, que era escondida em malas.

O caso se arrastou na justiça por mais de uma década. A última sentença envolvendo um dos acusados só transitou em julgado em 2018.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte