Política | Apreciação

Relatório é favorável a acordo entre Brasil e EUA referente à Alcântara

Análise da matéria foi feita pelo deputado federal Hildo Rocha (MDB). De acordo com o parlamentar, texto será apresentado na próxima reunião da Comissão de Relações Exteriores na semana que vem
Thiago Bastos / O Estado 19/06/2019 às 18h15
Relatório é favorável a acordo entre Brasil e EUA referente à Alcântara Divulgação

O Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST) deu mais um passo de aprovação no Congresso. O relatório elaborado pelo deputado federal Hildo Rocha (MDB) foi favorável à parceria entre Brasil e Estados Unidos. O documento foi finalizado na tarde de hoje (19) e remetido à Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, onde deve ser apreciado e debatido na próxima quarta-feira (26).

A O Estado, o emedebista disse que o AST representa uma parceria sem precedentes. No relatório, Hildo Rocha defende o acordo por se tratar de uma oportunidade dada para que o "Brasil obtenha recursos para alavancar o tão sonhado programa espacial brasileiro". Segundo o deputado, a apresentação do relatório era de suma importância para o andamento das discussões. "Recebi a missão de apresentar este relatório no dia 13 deste mês. Cinco dias úteis depois apresentamos para que o assunto já seja apreciado na semana que vem", disse.

Ainda de acordo com o deputado, dependendo do parecer final, o AST pode não passar para outras duas comissões (como está previsto inicialmente) e ser remetido diretamente à Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, onde seria apreciado pelos parlamentares. "Há uma expectativa, com o AST, que o Brasil será inserido no mercado mundial de lançamento de foguetes passando a deter, no mínimo, um por cento desse mercado mundial, o que representaria ganhos estimados de 10 bilhões de dólares a partir de 2040, consolidando o país como um forte protagonista do segmento de lançamentos", frisa trecho do relatório.

O AST, para aprovação, precisa necessariamente da aprovação no Congresso. Em abril deste ano, para acelerar as discussões, o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação, Marcos Pontes, esteve no Maranhão acompanhados de representantes da bancada maranhense, dentre eles, o deputado federal Aluisio Mendes (PODE). Na ocasião, o ministro esteve em Alcântara e frisou, quando questionado, que o AST também seria importante para a comunidade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte