Política | São Luís

Pedido e cobrança por convocações de secretários travam trabalhos das comissões na Câmara

Vereadores da oposição querem que gestores da Prefeitura de São Luís prestem esclarecimentos sobre ações na Câmara Municipal
Thiago Bastos/ Da Editoria de Política12/06/2019 às 09h54
Pedido e cobrança por convocações de secretários travam trabalhos das comissões na CâmaraVereadores querem a convocação de Antônio Araújo e Marlon Botão (Biné Morais / O ESTADO)

Os recentes pedidos de convocações dos secretários de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, e de Cultura, Marlon Botão, inviabilizam o trabalho das comissões temáticas da Casa. Até o momento, a presidência da Câmara confirmou, há duas semanas, que a constituição dos grupos seria divulgada via ofício no Diário Oficial, no entanto, temas como o Plano Diretor permanecem com as discussões paradas.
Nas últimas sessões, parlamentares sugeriram debates acerca da importância do chamamento dos gestores municipais. Em contrapartida, projetos de lei que dependem de parecer das comissões seguem no aguardo de apreciações.
A formação das comissões gerou polêmica nas últimas semanas. Enquanto a oposição questionou indicações a grupos como, por exemplo, a comissão de Constituição e Justiça, outros vereadores com mais tempo de Casa chegaram a retirar seus nomes indicados para determinados grupos.
Em termos de discussões internas, o primeiro semestre foi improdutivo. A expectativa é que haja compensação a partir do segundo semestre.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte