O Mundo | Liberdade de imprensa

Após pressão de jornais, Justiça da Rússia manda soltar jornalista

Detenção teria sido uma armação para punir suas investigações sobre corrupção, afirmam defensores; Golunov deveria ser libertado ainda ontem, 11
12/06/2019

MOSCOU - A Rússia anunciou ontem, 11, que as acusações contra o jornalista investigativo Ivan Golunov , detido sob a acusação de tentativa de tráfico de drogas, foram retiradas por falta de provas . A prisão de Golunov, de 36 anos, vinha provocando protestos de jornais, jornalistas e celebridades no país.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte