Polícia | Investigação

Mergulhador morre ao limpar navio na baía de São Marcos

Fato ocorreu no último sábado, no navio Shandong da De; vítima limpava o leme quando se sentiu mal e foi retirado desacordado, morrendo em seguida
Ismael Araújo10/06/2019

SÃO LUÍS - A Capitania dos Portos do Maranhão abriu inquérito administrativo para apurar as circunstancias e a responsabilidade do acidente ocorrido no último sábado no navio Shandong da De, fundeado número dois da baía de São Marcos, que resultou na morte do mergulhador Washington de Jesus Caldas do Vall, de 49 anos.

A Capitania dos Portos, por meio de nota, informou que o mergulhador foi contratado pela empresa PNG Paranaguá, que estava prestando serviço de limpeza no casco da embarcação. No momento do acidente, a vítima, em companhia de mais dois mergulhadores, fazia inspeção e limpeza no leme do navio.

No começo da tarde, o comando da embarcação ficou sabendo que Washington Caldas tinha sido retirado do mar inconsciente, sem respiração e sem pulso. Ainda na noite de sábado foi confirmada a sua morte. A Capitania dos Portos informou que o caso está sendo investigado pela Polícia Federal.

Na manhã deste domingo, 9, os peritos foram ao navio para levantarem as informações sobre o caso e o corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, para ser autopsiado. A família do mergulhador já foi comunicada sobre o acidente.

Naufrágio

Uma canoa naufragou na tarde de sábado, 8, no Lago Açu, na cidade de Conceição de Lago Açu, e resultou na morte de um adolescente, de 15 anos. A polícia informou que a vítima e um outro homem, nome não revelado, estavam transportando palhas de babaçu na pequena embarcação.

Durante a travessia, a canoa naufragou e uma das vítimas foi resgatada de imediato com vida. O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado e deu início as buscas na lagoa e no começo da noite o corpo do adolescente foi retirado da água e o levado para o hospital da cidade.

Mais mortes

Dois corpos foram encaminhados para Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga, no último sábado. Um deles foi identificado como Carlos Fernando Martins Júnior, idade não revelada. Há informações de que a vítima foi morta a tiros, na Raposa. A Polícia Civil está investigando o caso. O outro corpo foi de um natimorto. O caso ocorreu na Maternidade Benedito Leite, na Cohab.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte