Política | Previdência

Líder do "Centrão" sugere que Estados aprovem próprias reformas

Arthur Lira aponta que há uma "crescente" pressão popular para a aprovação da reforma no âmbito de alguns estados
OEstadoMA10/06/2019 às 10h34
Líder do "Centrão" sugere que Estados aprovem próprias reformasDivulgação/Jornal de Brasília

Em entrevista à Rádio CBN, uma das principais lideranças do chamado “centrão” no Congresso, deputado federal Arthur Lira (PP), sugere que Estados e, em consequência, os municípios aprovem as próprias reformas da previdência. De acordo com o parlamentar, dependendo da proposta, as assembleias legislativas de cada estado poderá chancelar mudanças no texto que prevê as contribuições financeiras.

O progressista aponta que há uma “crescente” pressão popular para a aprovação da reforma no âmbito de alguns estados. "Se os governadores bancarem com seriedade a reforma nos seus estados, as Assembleias Legislativas dificilmente não aprovarão, no mesmo sentido que há hoje uma pressão crescente da população que entende que [a reforma] é necessária. A gente tem que afastar essa premissa”, afirmou.

Ainda de acordo com o parlamentar, para dar autonomia aos estados aprovarem as modificações específicas na previdência, é necessário que os governadores ainda contrários à apreciação do texto em âmbito nacional viabilizem votos. "Se os governadores que se mostram contra trouxerem, efetivamente, votos a favor da reforma da Previdência, não terá problema. A gente vota estados, municípios, territórios, embaixada, não tem essa. A questão não é política de província, não é questão eleitoral. É questão de votar e aprovar a reforma geral que o Brasil quer ou não, esse é o risco que nós estamos correndo”, disse.

O texto final deve ser apresentado na quinta-feira na Comissão Especial da Câmara.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte