Cidades | São João

Jornal O Estado e TV Mirante são homenageados pelo Boi de Axixá

Grupo folclórico, que completa 60 anos de história, promoveu festa na Casa do Maranhão para realizar o ritual de batismo
10/06/2019

São Luís - Celebrando seis décadas de história, o Boi de Axixá está pronto para abrilhantar os terreiros juninos. Os integrantes do grupo folclórico concebido na região do Munim e o couro do boi foram batizados na noite de sábado, durante festa realizada na Casa do Maranhão, no Centro Histórico de São Luís, organizada em celebração ao seu “Jubileu de Diamante”. Na ocasião, a presidente de honra, Leila Naiva, prestou homenagem a pessoas, empresas e instituições que acompanharam e contribuíram para a trajetória de sucesso do boi.
O jornal O Estado foi uma das empresas que recebeu a Comenda Francisco Naiva e o diretor de Redação, Clóvis Cabalau, foi representado pelo jornalista Evandro Júnior. A comenda foi entregue também à TV Mirante e quem recebeu foi a jornalista Olívia Franse.
“Agradecemos ao Boi de Axixá pelo reconhecimento ao trabalho da imprensa para dar visibilidade aos grupos folclóricos maranhenses, contribuindo, dessa maneira, para sua preservação e memória. O jornal também celebra seis décadas este ano e o Boi de Axixá, sem dúvida, faz parte de sua história. Parabéns a todos os integrantes do boi e à presidente de honra, Leila Naiva, por manter a nossa tradição e pelo trabalho incansável em prol da nossa cultura”, disse o jornalista Evandro Júnior.
Para Olívia Franse, o reconhecimento só estimula ainda mais a TV Mirante a divulgar a cultura maranhense. “Acompanhamos cada passo das manifestações folclóricas de nosso estado, seus problemas, desafios e vitórias. Acima de tudo, é preciso valorizar o que é nosso e mostrar a nossa riqueza cultural para todo o Brasil e o mundo”, disse Olívia Franse.
Tradição
Leila Naiva chegou a se emocionar no palco ao falar sobre a trajetória de 60 anos do Boi de Axixá, resumindo todo o esforço para manter uma tradição que orgulha o Maranhão. “Este ano é muito especial para todos nós que fazemos o Boi de Axixá. Afinal, são seis décadas de muito trabalho, levando alegria para os arraiais. Por isso, estamos resgatando a nossa história e, também, como surgiu o sotaque de orquestra e como a brincadeira chegou aos dias atuais”.
Este ano, o Boi de Axixá vai para os arraiais com 120 brincantes. Só em penas, o investimento chegou a R$ 30 mil. A madrinha do boi é Gisele Paiva, viúva do cantor e compositor maranhense Papete, falecido em 2016. Gisele veio de São Paulo exclusivamente para o batizado e disse que ficou lisonjeada com o convite.
“Fiquei muito honrada quando Leila Naiva ligou me convidando para ser a madrinha do boi e aceitei de pronto. Sei que, de onde estiver, Papete está muito feliz e orgulhoso por eu estar aqui hoje no Maranhão. Por isso, só tenho a agradecer a essa oportunidade”, disse.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte