Polícia | Adiamento

Juiz adia audiência sobre chacina de jovens em Coquilho

Adiamento foi pedido pelo advogado de um dos acusados que alegou estar doente; nova sessão será realizada no próximo dia 14 no fórum Desembargador Sarney Costa
Ismael Araújo07/06/2019

SÃO LUÍS - O Poder Judiciário adiou para o próximo dia 14 a audiência de instrução e julgamento do caso da chacina ocorrida na área de construção de um condomínio do programa federal Minha Casa, Minha Vida, no Coquilho, zona rural da capital. Este ato criminoso ocorreu no dia 3 de janeiro deste ano e resultou na morte de Joanderson da Silva Diniz, de 17 anos; Gildean Castro Silva, de 14 anos, e Gustavo Feitosa Monroe, de 18 anos.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte