Polícia | Prisão

Ex-detento é preso ao drogar e tentar estuprar uma jovem

Acusado usou o "boa noite Cinderela" para drogar e levar uma mulher para sua casa sem o seu consentimento; ao acordar ela estava despida na casa do acusado
Ismael Araújo06/06/2019
Ex-detento é preso ao drogar e tentar estuprar uma jovemPablo de Morais Amaral foi preso nessa quarta (5) em Imperatriz. (Divulgação)

IMPERATRIZ - A acusado de tentativa de homicídio e de estupro com uso do “boa noite Cinderela”, Pablo de Morais Amaral foi preso ontem em Imperatriz e encaminhado para uma unidade prisional.

A polícia informou que o criminoso foi preso em cumprimento de uma ordem judicial. Ele, no dia 25 de maio deste ano, teria colocado droga no corpo de uma mulher quando estavam em um bar, nessa cidade. A vítima teria passado mal e ao acordar estava despida na residência do acusado. Ela chegou a observar fotos suas sem roupas no celular do acusado.

Segundo a polícia, Pablo Amaral estava em liberdade provisória de uma prisão de uma tentativa de homicídio contra a duas mulheres em 2018, em Imperatriz. Também com as vítimas, ele teria utilizando o mesmo método do “boa noite Cinderela” e levou as mulheres para um local de difícil acesso.

Já em São Luís, no Parque Vitória, foram presos ontem Jean Jefferson dos Santos Amorim e Eliomar Trindade Aquino pelo crime de tentativa de homicídio. Eles foram presos em cumprimento de uma ordem judicial acusados de terem atirado em um homem, no bairro Solar dos Lusitanos. A vítima estava a caminho do trabalho quando foi baleada, mas foi socorrida. Os detidos foram apresentados na delegacia do bairro e em seguida levados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte