Polícia | Tragédia

Polícia chilena abre investigação sobre a morte de crianças

Maranhenses da cidade de Bacabal faziam um "tour" pelo Chile com os pais quando foram mortas atingidas por rochas. O acesso ao local estaria proibido
Ismael Araújo05/06/2019

SÃO LUÍS - A morte das maranhenses da cidade de Bacabal, Khálida Trabulsi Lisboa, de 3 anos; e Isadora Pereira Bringel, de 7 anos, está sendo investigada pela polícia do Chile. Os corpos devem chegar ao Maranhão nesta quarta-feira, 5. A polícia informou que as crianças morreram na tarde de segunda-feira, 3, atingidas por uma rocha no entorno da represa El Yeso, em San José de Maipo, distante 60 quilômetros de Santiago. Há informações de que, no momento do acidente, essa área estava com o acesso proibido.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte