Polícia | Crime

Vaqueiro é preso pelo assassinato de vereador de Maranhãozinho

Fato ocorreu em abril em Santa Luzia do Paruá quando o parlamentar saía de uma fazenda; nesta sexta-feira, o suspeito foi preso por decisão judicial
Ismael Araújo01/06/2019

SANTA LUZIA DO PARUÁ - O vaqueiro Egídio Silva Pires, o Nó Cego, foi preso nesta sexta-feira em cumprimento de uma ordem judicial em uma fazenda, na zona rural de Santa Luzia do Paruá. Segundo a polícia, ele acusado de ser o executor do vereador da cidade de Maranhãozinho, João Pereira Serra (PSD), o Jango, de 46 anos, fato ocorrido no dia 23 de abril deste ano em uma área de matagal, em Santa Luzia do Paruá.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte