Esporte | Confronto

São Paulo e Bahia iniciam maratona de duelos neste domingo

. O primeiro encontro é válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, enquanto os dois seguintes, nos dias 22 e 29 de maio, valerão pelas oitavas de final da Copa do Brasil
19/05/2019 às 07h00
São Paulo e Bahia iniciam maratona de duelos neste domingoO Tricolor paulista ainda não perdeu neste Brasileirão, somando três vitórias e um empate nas quatro primeiras rodadas (Divulgação/São Paulo)

São Paulo (SP) - Neste domingo, São Paulo e Bahia farão o primeiro dos três duelos que travarão nos próximos 10 dias. O primeiro encontro é válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, enquanto os dois seguintes, nos dias 22 e 29 de maio, valerão pelas oitavas de final da Copa do Brasil. No Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP), a bola rola a partir das 11h (no horário de Brasília).

O Tricolor paulista ainda não perdeu neste Brasileirão, somando três vitórias e um empate nas quatro primeiras rodadas, e dividindo a liderança da tabela com os rivais Palmeiras e Santos (todos com 10 pontos ganhos). O Tricolor baiano, por sua vez, venceu dois e perdeu dois dos quatro jogos feitos até agora, ocupando a oitava posição, com seis pontos conquistados.

Apesar da maratona de duelos contra o Bahia, o técnico Cuca não acredita no surgimento de uma rivalidade entre as equipes. Para ele, o desafio maior diz respeito à estratégia a ser utilizada em cada encontro.

"São três jogos contra a mesma equipe, e é claro que você vai ter um conhecimento maior sobre o adversário. Domingo você vai ter uma ideia, aí na quarta-feira pode ser diferente e, na outra, tira proveito de situações já conhecidas. Mas não acho que vire uma rivalidade, a ponto de ter entrada mais dura. Hoje em dia, os jogadores se respeitam muito. Lógico, vamos entrar com força em cada bola, mas sempre com lealdade", afirmou, em coletiva de imprensa concedida na última sexta-feira.

O comandante são-paulino contará com reforços importantes para o jogo deste final de semana. Recuperados de lesão, o volante Luan e o atacante Alexandre Pato voltam a ficar à disposição. O segundo, por sinal, tem boas chances de começar entre os titulares. Sem Anderson Martins, recém-recuperado de um problema no tornozelo, quem formará a dupla de zaga, ao lado de Bruno Alves, voltará a ser o garoto Walce.

Contudo, a maior dúvida é no meio de campo, com a possibilidade de Hernanes começar jogando. Se isso acontecer, Hudson deve ser o lateral direito. Se não, Hudson permanece no meio e Igor Vinícius será o lateral.

Pelo lado do Bahia, a preocupação é com o desempenho do time como mandante. As duas vitórias conquistadas até o momento fora, ambas, dentro de casa. Longe de Salvador, foram duas derrotas, algo que preocupa o técnico Roger Machado para o duelo no Morumbi.

"O objetivo é procurar esse equilíbrio nos jogos fora de casa. É preciso aumentar essa proporção na medida que a gente quer fazer um grande campeonato. Contra o Botafogo, saímos na frente e depois cedemos a virada. Contra o Athletico, logo nos primeiros momentos não suportamos a pressão inicial deles, o que decretou o gol e a vitória do adversário. O Bahia que quero ver em campo é o Bahia da Fonte Nova, com as precauções de jogar fora de casa, mas buscando os pontos que a gente quer", afirmou, em coletiva de imprensa concedida nesta sexta.

O chefe do Esquadrão já admitiu que mandará a campo um time com três volantes, com Douglas, Gregore e Elton formando o tridente de meio de campo. A grande dúvida, porém, fica por conta do ataque. O treinador manteve o mistério e não revelou quem será o titular. Gilberto e Fernandão disputam a posição. Vale lembrar que Arthur Caike, recém recuperado de uma lesão na coxa esquerda, não deve ser utilizado, e deve ter Élber como substituto.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO-SP X BAHIA-BA

Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data: Domingo, 19 de maio de 2019
Horário: 11h (de Brasília)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS)
Assistentes: Elio Nepomuceno de Andrade Júnior e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Hudson (Igor Vinícius), Walce, Bruno Alves e Reinaldo; Liziero, Tchê Tchê e Hernanes (Hudson); Antony, Pato e Toró
Técnico: Cuca

BAHIA: Douglas Friedrich; Ezequiel, Ernando, Fonseca e Moisés; Gregore, Elton e Douglas Augusto; Artur, Élber e Gilberto (Fernandão)
Técnico: Roger Machado

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte