O Mundo | Tensão

Venezuela: Polícia cerca Assembleia Nacional por suposta bomba

Guaidó denuncia ''sequestro'' da Casa; impedidos de entrar no Parlamento, deputados opositores levantam possibilidade de motivações políticas
15/05/2019

CARACAS - A Assembleia Nacional da Venezuela foi cercada por forças de segurança do governo do presidente Nicolás Maduro por conta de uma suposta bomba dentro da sede do Legislativo, em Caracas. Segundo deputados, o acesso ao prédio está vetado, enquanto há cerca de 15 membros do Serviço Bolivariano de Inteligência (Sebin) dentro do edifício. O líder opositor Juan Guaidó denunciou a tentativa de sequestro da Casa.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte