Economia | Negócios

Maternidade eleva empreendedorismo feminino e chega ao patamar de 48%

Empreendedoras maranhenses criam negócios que atendem necessidade de acompanhar crescimento dos filhos ou dar assistência
11/05/2019

Em todo o Brasil, elas comandam cerca de 24 milhões de pequenos negócios, com uma taxa de empreendedorismo mais elevada que os homens. A maioria abre um negócio motivada por necessidade. Dentre os novos empresários, 48% das mulheres, empreende porque precisa, segundo números da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2017, pesquisa realizada em parceria pelo Sebrae e IBQP.
No Maranhão, os dados repetem a cena nacional e, como em todo o Brasil, é uma realidade que vem mudando gradativamente, numa jornada que alia também criatividade, inovação e percepção de oportunidades.
A propósito do Dia das Mães, o Sebrae conta as histórias de mulheres que se tornaram donas de um negócio após vivenciarem a experiência da maternidade. Motivadas por alguma necessidade específica dos filhos não atendidas pelo mercado; ou pelo desejo de estarem mais próximas dos rebentos ou, ainda, aproveitando uma oportunidade para inovar, ajudando outras mães na desafiadora missão da maternidade.
Chegar lá depende de uma série de fatores: menos burocracia e mais facilidades para criação de um negócio; crédito mais fácil; capacitação e um ambiente mais favorável ao empreendedor são ingredientes dessa receita. Porém, acreditar no empreendedorismo como caminho de transformação e buscar ajuda para crescer são aspectos fundamentais para a mudança dessa realidade.
“Conhecer a trilha percorrida por essas mulheres, entender suas necessidades, pensar e propor soluções que possam ajudar a percorrer a caminhada empreendedora com mais chance de êxito, é missão do Sebrae e um desafio, uma vez que o mercado requer atenção permanente para as transformações quase diárias no mundo dos negócios”, analisa Marina Lavareda, gestora de Atendimento da Unidade do Sebrae em São Luís.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte