Cidades | Precariedade

Maranhão gasta 53% menos com saneamento que a média nacional

Dados foram mostrados em relatório do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), órgão ligado ao Ministério do Desenvolvimento Regional
O Estado MA07/05/2019

SÃO LUÍS - O saneamento básico no Maranhão segue como uma triste rea­lidade vivida pela população. Um novo relatório divulgado pelo Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), ligado ao Ministério do Desenvolvimento Regional, mostra que apenas 11,6% dos maranhenses têm coleta de esgoto em suas residências. No total, apenas 14 municípios maranhenses são atendidos com redes de esgotamento sanitário. Isso representa apenas 6,5% dos municípios de todo o estado.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte