Geral | Prejuízos

Empresas recorrem de cobranças indevidas por parte de operadoras de telefonia

Embora tenha tido queda nas reclamações, o número ainda é assustador, fechando 2018 com 973 mil registros
Estadão Conteúdo 07/05/2019 às 10h10
Empresas recorrem de cobranças indevidas por parte de operadoras de telefoniaO consumidor pode recorrer aos órgãos responsáveis para recuperar o prejuízo causado em suas finanças. (Divulgação)

BRASIL - De acordo com números apontados pela ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações), o número de reclamações registradas em 2018 caiu 13,6% em relação a 2017. Este é o terceiro ano consecutivo em que são registradas quedas no volume de reclamações: elas já haviam sido reduzidas em 4,3% no ano de 2016 e em 12,9% no ano de 2017.

Embora tenha tido queda nas reclamações, o número ainda é assustador, fechando 2018 com 973 mil registros, fazendo um cenário propício para os empresários correrem atrás da recuperação de cobranças indevidas em suas faturas.

"Hoje as operadoras praticam diversas abusividades contra o cliente corporativo, nesse sentido que temos atuado, garantindo que sejam aplicadas as resoluções da Anatel e o Código de Defesa do Consumidor como ferramentas não só regulamentadoras, mas sim protetivas nessa relação" diz o Dr. Jason de Cerqueira Cesar, Advogado especialista em Telecomunicações e responsável pela área técnica jurídica da Operadoras Online.

As cobranças indevidas ou demais erros podem aparecer na fatura de várias maneiras e na maioria de suas vezes de difícil compreensão dos termos. Por ser nomes específicos que por vezes misturam-se a necessidades reais como por exemplo internet e ligações, passam despercebidas.

O consumidor pode recorrer aos órgãos responsáveis para recuperar o prejuízo causado em suas finanças e inclusive procurar a Anatel, que permite contestar de maneira retroativa as faturas no prazo de até três anos.

Quando o assunto é empresa, torna-se um pouco mais complicado, e o motivo das empresas estarem aderindo as consultorias de telefonia empresarial, é pelo simples fato de evitar passar por problemas desse gênero, tendo respaldo se preciso for com a área responsável para tratar dos assuntos jurídicos.

Alguns empresários solicitaram outros serviços após economizarem de 8% a 50% no valor que pagavam em suas contas de telefone. A Operadoras Online informa que 95% das empresas que a procura, conseguem uma excelente redução na fatura, tanto em telefonia fixa e móvel, quanto internet.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte