Polícia | Violência

10 assassinatos no interior do estado, a maioria com característica de execução

Mortes foram a tiros ou por arma branca em diversas cidades do Maranhão no fim de semana; só em Lago da Pedra foram dois casos registrados
Ismael Araújo07/05/2019
10 assassinatos no interior do estado, a maioria com característica de execuçãoFrancisco Conceição Filho, o Beiçola, assassinado em Lago da Pedra (Divulgação)

SÃO LUÍS - Dez assassinatos ocorreram no interior do estado no último fim de semana no interior do estado. A maioria com características de execução. Somente na cidade de Lago da Pedra, da região do Meio Mearim, ocorreram dois casos. Uma das vítimas foi o ex-presidiário, Francisco Conceição Filho, o Beiçola, que segundo a polícia, levou dois tiros na noite de domingo, 5, no bairro Waldir Filho.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima estava nas proximidades de um bar quando foi abordado por dois criminosos. Ela foi alvejada no peito e na cabeça. Populares levaram o baleado para hospital da cidade, onde chegou sem vida. Os criminosos fugiram em uma motocicleta.

A Polícia Civil está investigando o caso, mas até a tarde de ontem não havia sido identificados. A vítima havia deixado o presídio há poucas semanas, onde havia cumprido pena por participação no roubo de motocicletas nos municípios de Lago do Junco e Paulo Ramos.

Golpes de faca

Também no domingo foi assassinado a golpes de faca um homem identificado apenas como Leandro. O principal acusado é o próprio primo da vítima, Geovane Barros. Eles estavam ingerindo bebida alcoólica quando em determinado momento passaram a discutir. No decorrer da briga, Geovane desferiu quatro golpes de faca nas costas de Leandro.

O próprio Geovane Barros levou o primo para o hospital da cidade e em seguida, fugiu. Leandro morreu antes de ser submetida a tratamento cirúrgico. A polícia não informou a motivação da briga. O velório ocorreu ontem na residência dos pais da vítima, no bairro Planalto, em Lago da Pedra.

Transexual

Já no domingo, em Bacabal, a polícia prendeu José Ferreira de Souza, de 29 anos, no povoado Palmeiral. Ele confessou ter assassinado a golpes de faca a transexual Jailson Feitosa Borges, o Melissa, no sábado, 4, em uma área de matagal, na Vila São João, nessa cidade.

O corpo da vítima foi encontrado despedido e com uma das mãos decepada e colocada na boca. O acusado, após prestar depoimento na delegacia de Bacabal, foi transferido para o presídio em Santa Inês onde vai ficar à disposição do Poder Judiciário.

Vingança

Outro crime ocorreu em Caxias. O delegado regional Jair Paiva declarou que a morte de Elson dos Santos Silva, de 36 anos, pode ter ocorrido por vingança e o principal autor seria Antônio Filho Gomes da Silva, de 24 anos, que foi preso em flagrante no último sábado.

Há pouco menos de duas semanas, Elson dos Santos baleou Antônio Filho dentro de um banco, em Caxias. No sábado, 4, Antônio Filho conseguiu esfaquear Elson dos Santos no pescoço e ele morreu antes de chegar no hospital.

Já na manhã de domingo, 5, foi executado Diego Cunha Rodrigues no bairro Alto Fogoso, em Chapadinha. A polícia informou que a vítima estava conversando com um amigo, quando foi baleado no tórax por dois homens, que estavam em uma motocicleta Pop preta.

Em Pinheiro foi executado Emerson Erick Soares, o Mirrinho, na porta de sua residência, no bairro João Castelo, na noite de sexta-feira, 3. Segundo a polícia, os acusados fugiram em uma motocicleta e o corpo da vítima foi removido para o hospital.

Achado

No domingo, 5, acharam o corpo do sexo masculino, identificado apenas como Edmar, em um beco, localizado no bairro Corina, na cidade de Porto Franco. No sábado, 4, populares encontraram o corpo do vaqueiro Valdenor Pereira, de 55 anos, em uma área de matagal, no povoado Juçaral, em Grajaú.

Já no povoado Maçaranduba, em São Luiz Gonzaga, foi assassinado a golpes de faca Valdemir da Conceição Cruz, de 30 anos, no último domingo. A polícia informou que ele estava em um bar e teria tentado separar uma briga quando foi golpeado por um homem identificado apenas como Nem, que está foragido.

Esquartejamento

Em Itapecuru-Mirim, uma equipe da Delegacia Regional local ainda ontem estava investigando um caso de esquartejamento, que ocorreu nessa cidade. Segundo a polícia, no último dia 3, foi encontrado o corpo de uma criança, de aproximadamente 3 anos, em um terreno baldio, no povoado Vinagre. A cabeça, os braços, as pernas tinham sido decepada. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), em São Luís, para a autópsia.

Número

10

foi o número de assassinatos registrados interior do estado durante o último fim de semana

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte