Polícia | Justiça

Justiça nega habeas corpus para irmãs acusadas de matar jovem

Defesa das acusadas havia solicitado o recurso após decisão do juíz Celso Serafim; acusadas esfaquearam a assassinaram jovem em 9 de abril, após briga em uma festa
MONALISA BENAVENUTO / O ESTADO06/05/2019

MATINHA - O Tribunal de Justiça do Maranhão negou a expedição de habeas corpus a favor das irmãs Tainar dos Santos e Tainara dos Santos, suspeitas de terem matado a jovem Kelrry Daiana Mouzinho a golpes de faca em dia 9 de abril deste ano, no município de Matinha, na Baixada Maranhense.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte