Geral | Feira da Mulher

Bem-estar é palavra de ordem para a mulher empoderada

Segunda edição da Feira da Mulher foi um sucesso, com debates e palestras sobre protagonismo feminino no esporte e no trabalho; mulheres maranhenses comandaram apresentações culturais no encerramento dos dois dias de evento
Emmanuel Menezes / O Estado06/05/2019
A atleta Tayna Leitão e a jornalista e desportista Priscille Damous, debateram sobre esportes não convencionais

Neste fim de semana, foi realizada a segunda edição da Feira da Mulher, evento organizado pelo jornal O Estado, com patrocínio da Claro. Levando debates, palestras, serviços de saúde e beleza e shows, os dois dias de evento movimentaram a Praça de Eventos do Shopping da Ilha, em São Luís e chamaram a atenção dos consumidores e demais interessados que passavam pelo espaço.
O protagonismo feminino na sociedade é pauta principal do evento. “O Grupo Mirante está sempre ligado nos movimentos sociais de empoderamento feminino e quer ser uma marca que fomente isso. A intenção é incentivar a mulher a fazer parte das grandes profissões, do esporte, e dos demais locais onde ainda há tabus a respeito do local da mulher”, ressaltou Adriana Caminha, gerente de marketing do Grupo Mirante.

Sábado – esporte e psicologia
Um dos pontos altos da tarde de sábado foi a presença da atleta revelação do futebol americano Tayna Leitão, que esteve em um bate-papo sobre a mulher no mundo esportivo não convencional. A jornalista Priscille Damous também fez parte da palestra. “Apesar de não estar mais em São Luís, fico muito grata de fazer parte dessa rede de mulheres que busca trazer pautas interessantes para nós”, disse a esportista, agradecendo a oportunidade de fazer parte da programação.

Atualmente, a atleta reside em Curitiba. Ela faz parte do Curitiba Lions e conquistou o título de atleta-revelação pelo seu bom desempenho no campeonato nacional. “Aqui, em São Luís, ainda não existe nenhum time feminino dessa modalidade. Mas é importante, desde já, estarmos debatendo sobre a importância desse tipo de esporte para as atletas que se interessam”, completou.

Priscille Damous, durante o bate-papo, contou sobre a experiência de ser mulher no esporte, mas visto sob a ótica de comentarista. “Poucas mulheres fazem esporte em nosso estado. Há um medo, há um preconceito, mas esses paradigmas devem ser quebrados", afirmou a jornalista.

Seguindo a rodada de palestras da tarde de sábado, a jornalista e personal organizer Lanny Bedasi deu dicas às presentes sobre como melhor organizar o dia a dia, tendo diversas tarefas. “Muitas de nós trabalham em ambientes externos, somos mães, esposas e donas de casa. São tarefas múltiplas que merecem ter uma atenção especial para serem bem organizadas, para que nada saia dos trilhos”, declarou.

São aplicativos, listas semanais, listas de almoço, variedades de lazer e outras pequenas atitudes que podem facilitar a vida daquelas que não são apenas mulheres, e sim trabalhadoras, mães e donas de casa.

Uma palestra sobre traumas comuns vivenciados por mulheres, ministrada pela cineasta Milena Carvalho; um tutorial de maquiagem, feito pela equipe da Natura; e um show de voz e violão com a cantora Luciana Pinheiro completaram a programação do sábado.

Evento aconteceu durante dois dias, no Shopping da Ilha, com vários estandes

Domingo – defesa pessoal e bem-estar
O segundo dia de Feira da Mulher foi iniciado com a divertida apresentação do grupo de dança de k-pop Way78. O grupo mostrou no palco a coreografia da música “Kill This Love”, do grupo de sucesso Blackpink. A música fala justamente sobre sair de relacionamentos abusivos envolvendo mulheres, sendo um dos principais pontos tocados na feira.

Após isso, a atleta Juliana Noronha, faixa preta em Jiu-Jitsu e professora do esporte, trouxe o tatame para o palco principal da feira e ensinou técnicas de defesa pessoal ao público. Mais tarde, a juíza criminal Mirella Freitas participou de um bate-papo sobre violência doméstica e a usabilidade da Lei Maria da Penha.

Ressaltando os avanços em nível de com a implantação da lei e as principais conquistas das mulheres, a juíza ressaltou a importância desse tipo de bate-papo. “Mulheres morrem todos os dias simplesmente por serem mulheres. Vivemos em um país desigual, em um país com preconceito, e devemos punir quando esse tipo de atitude for levada as dimensões legais”, explica.

A mulher e suas relações de trabalho também foram levadas ao palco em palestra com a gerente de recursos humanos do Grupo Mirante, Danielle Beckman. Debates sobre a mulher empreendedora e independente foram destaque. Além disso, uma discussão sobre a desvalorização de mulheres em empresas, se comparada ao homem, foram outras vertentes levadas ao palco.

O último bate-papo da Feira da mulher falou sobre moda, beleza, maternidade e autoestima, com presença de Rafaela Albuquerque, consultora de moda; Denise Cavalcante, digital creator, influencer for marketing; Michelle Villas Boas, farmacêutica e digital influencer; e Adriana Caminha, estilista da marca Drix e gerente de marketing do Grupo Mirante.
Descontraídas, as quatro mulheres levaram discussões amplas ao palco.

Para finalizar a noite, o grupo Somanas fez um show no palco principal, com muita energia, animando todos com boa música.

.

RELACIONAMENTOS ABUSIVOS

Ainda durante a tarde de sábado, a tenente-coronel e psicóloga da Polícia Militar do Maranhão, Cris Castro, esteve no palco principal da Feira da Mulher falando sobre como identificar e se livrar de relacionamentos abusivos. “Esse é um assunto delicado porque muitas mulheres que sofrem com esse tipo de relacionamento nem sabem que estão dentro de um”, diz a especialista. Durante o bate-papo, a psicóloga explicou o que é uma relação abusiva, sendo essa toda e qualquer relação onde predomina o excesso de poder de um sobre outro. "Ai você pode fazer alguns questionamentos sobre seu relacionamento, independente de ser hétero ou homoafetivo. Essa relação te traz mais paz ou angústia? Segurança ou medo?", frisa a psicologa.

.

AUTODEFESA

A atleta paraense Juliana Noronha, de 26 anos, foi uma das atrações mais comentadas durante a segunda edição da Feira da Mulher. Faixa preta em Jiu-Jitsu, bicampeã brasileira peso e absoluto NO-GI e mundial peso e absoluto, além de professora, Juliana levou o tatame para o palco e ensinou aos presentes técnicas de defesa pessoal em casos de violência extrema. “Eu fui violentada sexualmente quando tinha apenas 8 anos. Isso me fez pensar em como eu poderia me defender, ou ao menos me manter viva durante o resto da minha vida”, conta, emocionada. A jovem revelou mais sobre a luta que é ser mulher, e exemplificou com a frase “matar um leão diariamente”. “Há pessoas que querem nos fazer mal simplesmente por sermos mulheres. Se defender com a força, como mostrarei, será algo em caso extremo”, diz, antes de iniciar os processos de demonstração. A atleta mostrou no palco algumas técnicas contra importunação sexual em ônibus, contra violência doméstica e contra violência sexual, deixando claro que não lutar com o agressor é sempre a melhor opção.

Parceiros
Diversos estandes de parceiros do evento foram montados no local, oferecendo produtos com preços especiais e serviços gratuitos.

A Claro acredita no potencial das mulheres. Por isso, abraçamos esse evento. Trouxemos algumas novidades da Claro para o Dia das Mães, como as embalagens especiais e cartões de presente, e vamos trabalhar a tag #presenteriaClaro” Tiago Lima consultor de vendas da Claro
A estrutura do Cartão Assistencial SINCS está presente no evento. Realizamos aferição de pressão e teste de glicemia para todos que passarem em nosso estande”Plínio Tuzzolo, diretor do Cartão SINCS em São Luís
Para nós, é gratificante estar presente em um evento como esse, pois o nosso proposito é em comum”Mônica Cutrim, gerente de negócios da Natura
Podemos afirmar que o nosso público majoritário hoje são as mulheres. Quem veio à Feira, ganhou condições especiais ”Rodrigo Lima, supervisor financeiro da Isan
Para a Feira, pensamos nos valores, e todos os produtos expostos no evento possuem descontos especiais para as mulheres que fazem parte desse momento único”Andrea Ramos gestora da Expo Lojas
Queremos mostrar para todos tudo que há de melhor no mundo da estética. A nossa empresa trabalha com máquinas de última geração proporcionando maior conforto”Fernanda Carvalho gestora da Diolaser
Expomos os nossos materiais didáticos, que são de tecnologia da escola e mostramos os oito idiomas que a Skill oferece em São Luís” Roberta Santos, auxiliar administrativa da Skill

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte