Política | Sudene

Superintendente da Sudene apresenta projeto ao Governo do Maranhão

Mário Godilho se reuniu com o governador Flávio Dino na última quinta-feira em São Luís
05/05/2019 às 08h12
Superintendente da Sudene apresenta projeto ao Governo do MaranhãoDivulgação

O superintendente da Sudene, Mário Gordilho, apresentou ao governador Flávio Dino, num encontro realizado no Palácio dos Leões, o Plano Regional do órgão na última quinta-feira.

Na ocasião, ele ressaltou a importância de ouvir os governadores da área de atuação da autarquia, com o objetivo de incluir os projetos prioritários dos planos estaduais no PRDNE.

Já foram visitados os estados da Bahia (03/04); Sergipe (05/04); Piauí (12/04); Pernambuco (15/04); Alagoas (16/04); Paraíba (22/04), Espírito Santo (24/04); e Rio Grande do Norte (30/04). Depois do compromisso com Flávio Dino, o superintendente Mário Gordilho deve se encontrar com os governadores do Ceará (03/05) e Minas Gerais (08/05).

Segundo Flávio Dino, é de fundamental importância para o Maranhão investir em ações que melhorem a infraestrutura do Estado, melhorando e integrando a logística para facilitar o escoamento da produção de grãos (especialmente da Região de Matopiba). Ligar a Transnordestina à Ferrovia Norte-Sul, implantar polos tecnológicos e dar uma atenção especial à educação também foram apontados como projetos prioritários. O chefe do executivo estadual se comprometeu em apoiar e fortalecer a Sudene e o Conselho Deliberativo, “um fórum de discussões qualificado”, um espaço onde os governadores da Região podem alinhar suas ações, ponderou.

Nas visitas aos estados, Mário Gordilho vem falando sobre a relevância de buscar soluções efetivas para os problemas hídricos enfrentados pelo Nordeste, melhorar o desempenho do PIB regional e combater as disparidades entre as regiões, com a participação dos governadores da área na qual a Superintendência atua. Uma das apostas do PRDNE é a utilização de municípios-polos das regiões geográficas intermediárias e, para isso, já foram realizadas análises da distribuição dos municípios-polos no território, levando em consideração estrutura, porte e rede de influência destas cidades. Outro ponto importante é priorizar a interiorização do desenvolvimento através do fortalecimento dos sistemas inovativos e produtivos locais.

Além dos governadores, a Sudene vem contando com contribuições de diversos atores envolvidos com o planejamento regional e disponibilizou, no final de abril, uma consulta pública para receber contribuições da sociedade em geral para o PRDNE. Os interessados devem acessar formulário online disponível no site da Sudene (http://www.sudene.gov.br/prdne/consulta-publica). O prazo final para envio das respostas é 8 de maio.

PRDNE

O PRDNE é um importante instrumento de ação da Autarquia para a realização da missão de promover o desenvolvimento includente e sustentável de sua área de atuação e a integração competitiva da base produtiva regional na economia nacional e internacional. O Plano Regional está dividido em eixos estratégicos: Inovação; Desenvolvimento de Capacidades Humanas; Dinamização e Diversificação Produtiva; Segurança Hídrica e Conservação Ambiental; e Desenvolvimento Social.

A Sudene está contando com a colaboração de consultores para a elaboração do Plano Regional, através de profissionais contratados por intermédio de um acordo de cooperação técnica celebrado entre a superintendência e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD - Brasil). Um dos desafios do PRDNE é convergir linhas de atuação que indiquem caminhos para diminuir as disparidades sociais e econômicas que separam a área de atuação da Sudene das regiões mais desenvolvidas do país.

Ascom Sudene

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte