Geral | Cancelamento

58 mil maranhenses podem ter o título de eleitor cancelado

A falta de regularização é o principal motivo, e o prazo para regularizar é até segunda-feira (6)
O Estado04/05/2019 às 09h28
58 mil maranhenses podem ter o título de eleitor cancelado Foto meramente ilustrativa. (Foto: Reprodução)

De acordo com dados do Tribunal Regional Eleitoral no Maranhão (TRE-MA), aproximadamente 58 mil maranhenses correm o risco de ter o título de eleitor cancelado. O motivo é não terem votado, nem justificado a ausência por três eleições consecutivas.

O prazo final para regularizar o título termina nesta segunda-feira (6) em todo o país. Até essa sexta-feira (3), 58.714 maranhenses ainda correm o risco de ter o título cancelado. Em caso de cancelamento, o eleitor pode não conseguir possuir documentos pessoais e até ser impedido de obter empréstimos.

Para saber se o título de eleitor está irregular, basta clicar aqui. Depois de abrir o site, vá na área de “Serviços ao Eleitor”> Situação Eleitoral e digitar nome e data de nascimento.

Confira mais impedimentos caso o título de eleitor esteja cancelado:

  • Obter passaporte ou carteira de identidade
  • Receber vencimentos, remuneração, salário ou proventos de função ou emprego público, autárquico ou paraestatal, bem como de fundações governamentais, empresas, institutos e sociedades de qualquer natureza, mantidas ou subvencionadas pelo governo ou que exerçam serviço público delegado, correspondentes ao segundo mês subsequente ao da eleição
  • Participar de concorrência pública ou administrativa da União, dos estados, dos territórios, do Distrito Federal, dos municípios ou das respectivas autarquias
  • Obter empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo
  • Se inscrever em concurso ou prova para cargo ou função público e neles ser investido ou empossado
  • Renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo
  • Praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou Imposto de Renda
  • Obter certidão de quitação eleitoral
  • Obter qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte