Política | Cadê o Queiroz?

Apesar da resistência de Flávio Bolsonaro, investigações sobre Queiroz continuam

Senador tentou impedir prosseguimento de inquérito na Justiça, pedido foi negado
O Estado MA26/04/2019 às 15h56
Apesar da resistência de Flávio Bolsonaro, investigações sobre Queiroz continuamFabrício Queiroz continuará sendo uma pedra no sapato do clã Bolsonro (Reprodução)

O pedido do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) para interromper a investigação conduzida pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) contra seu ex-assessor Fabrício Queiroz foi recusada pela Justiça do Rio de Janeiro.

Antônio Carlos Nascimento Amado, desembargador da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), negou o pedido do filho do presidente Jair Bolsonaro alegando que a investigação não se baseia em dados sigilosos obtidos irregularmente. A decisão foi tomada nesta quinta (25).

Flávio Bolsonaro alegou que teve seu sigilo bancário quebrado durante a investigação, a pedido do Ministério Público do Rio (MP-RJ). A ação aconteceu sem autorização judicial.

Queiroz é investigado porque o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou uma movimentação considerada atípica em sua conta bancária. Entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017, 1,2 milhão de reais passou pela sua conta, como revelou o Estadão em dezembro. Durante esse período, Queiroz atuava como assessor parlamentar de Flávio Bolsonaro, que era então deputado estadual.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte