Cidades | Imunização

Equipes de vacinadores vão a escolas da capital para ampliar cobertura vacinal contra gripe

Estratégia é imunizar crianças menores de 6 anos e professores da rede municipal de ensino; campanha prossegue até o dia 31 de maio em postos de saúde da capital
21/04/2019 às 08h06
Equipes de vacinadores vão a escolas da capital para ampliar cobertura vacinal contra gripeEquipes estão indo às escolas municipais para imunizar crianças contra gripe (Divulgação)

Como mais uma estratégia para alcançar o público-alvo da campanha de vacinação contra a gripe, a Prefeitura de São Luís está imunizando crianças de até 6 anos e professores em escolas da rede municipal de ensino. A iniciativa visa atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde que é vacinar 254.958 pessoas, até 31 de maio, quando encerra a campanha nacional. O trabalho é realizado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

"Vamos vacinar todo o grupo prioritário, especialmente as crianças. Essa ação nas escolas é algo que oferece uma comodidade aos pais, pois estamos facilitando o acesso à imunização e levando a vacina onde está o público-alvo. A intenção é, não só atingir a meta, mas também proteger a população", ressalta o titular da Semus, Lula Fylho.

Na semana que passou, a ação aconteceu nas Unidades de Educação Básica (U.E.B) Criança Feliz (São Francisco), Sofia Silva (Vila Passos), Paulo Freire (Liberdade), Dayse Linhares (Liberdade), Darcy Ribeiro (Sacavém) e Araripina de Alencar (Bairro de Fátima). Nas próximas semanas outras escolas estão no cronograma da ação que segue até dia 31 de maio.

O trabalho desenvolvido de forma integrada é executado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed). "As campanhas de vacinação nas escolas, que envolvem estudantes e professores, são importantes. Estar com as vacinas em dia, é fundamental para a saúde e para a vida escolar de nossas crianças e jovens, pois impacta diretamente na frequência escolar e no aprendizado também", diz o secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa.

Pontos de vacinação
Além da vacinação nos postos de saúde municipais e nas escolas com equipes volantes, serão disponibilizados pontos de vacinação em locais públicos. Hoje (21), a vacinação estará disponível na Feirinha São Luís e nos dias 26 e 27 de abril, e em maio (nos dias 3 e 4, 10 e 11, 17 e 18, 24 e 25), a vacina estará disponível nos shoppings Rio Anil (na Avenida São Luís Rei de França, Turu), da Ilha (na Avenida Daniel de La Touche, Cohama) e São Luís (na Avenida Carlos Cunha, Jacarati).

O Dia D Municipal, com a meta de vacinar cerca de três mil pessoas, aconteceu no dia 13, e resultou na aplicação de 3.372 doses. O Dia D Nacional acontecerá em 4 de maio, quando o poder público municipal também disponibilizará, em um sábado, os postos de saúde às pessoas que não têm tempo de buscar uma unidade de saúde ao longo da semana.

Público-alvo
As estratégias foram definidas com foco no público-alvo da campanha, formado por grupos de pessoas mais vulneráveis ao vírus. Fazem parte do público prioritário da campanha gestantes, puérperas, crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, além de funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte