Vida | Dia Mundial da Voz

Profissionais do HSD alertam para os cuidados com a voz

Até hoje, Dia Mundial da Voz, o Hospital São Domingos estará disponibilizando profissionais em uma ação realizada no Rio Anil Shopping, de 10h às 17h, para orientar a população sobre os cuidados com a voz
16/04/2019
É preciso ter cuidados com a voz

A voz é um dos mais rápidos e eficientes meios de comunicação. O processo do som harmonioso produzido pelas cordas vocais, através do ar que sai dos pulmões, precisa ocorrer normalmente, e qualquer falha pode indicar problemas, que precisam ser investigados. Por isso, ontem e hoje (16) - Dia Mundial da Voz -, o Hospital São Domingos (HSD) realiza, das 10h às 17h, no Rio Anil Shopping, ações para sensibilizar profissionais da saúde e a população, sobre os cuidados com a voz.

A ação será realizada pelos serviços de Otorrinolaringologia e Fonoaudiologia. Nestes dois dias, profissionais dessas áreas repassam orientações e fazem triagem vocal para identificar patologias.

De acordo com o coordenador do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital São Domingos, o médico André Lacerda Cavalcante, caso você apresente sintomas como rouquidão, dificuldade para engolir ou respirar, pigarro constante e falhas na voz há mais de 15 dias, deve consultar um médico otorrinolaringologista. “A avaliação do médico otorrinolaringologista e do fonoaudiólogo é complementar nos casos de problemas de voz. O médico faz o diagnóstico nosológico e indica a conduta do caso (medicamentos, cirurgia ou fonoterapia), enquanto o fonoaudiólogo avalia o comportamento vocal e define a conduta fonoaudiológica necessária (orientação, aperfeiçoamento e exercícios)”, explica o médico.

“Se sua voz mudou, está mais baixa, falhando, com ardência, cansaço ou rouquidão, a voz não está saindo limpa ou está saindo trêmula, pode-se ter uma patologia da voz, as chamadas disfonias. Neste caso, deve-se procurar um otorrinolaringologista e fonoaudiólogo para avaliação, diagnóstico e tratamento do transtorno”, informa o coordenador do Serviço de Fonoaudiologia do Hospital São Domingos, Cleyton Amorim.

Rouquidão
A rouquidão, um dos principais sintomas de problemas com a voz, precisa ser investigada, principalmente aquela que perdura por mais de 15 dias. “A rouquidão pode ser causada por nódulos e pólipos e pode indicar até indício de câncer. Assim, falha na voz, não conseguir falar uma frase até o fim e falta de ar durante a fala são também sinais que precisam ser analisados pelos profissionais”, complementa Cleyton Amorim.

Os profissionais mais suscetíveis a problemas com a voz são professores, locutores, cantores, telefonistas e outros que a usam bastante profissionalmente. “Esses profissionais têm que estar sempre atentos a essas alterações. Lembrando que uma alteração de voz, como rouquidão pode ser indício de doenças mais perigosas como câncer de laringe, distúrbio hormonal ou doença neurológica”, explica o fonoaudiólogo.

Mitos
Os profissionais também chamam atenção para mitos em “cuidados” com a voz. Os especialistas não recomendam o uso, indiscriminado, de drops, pastilhas, sprays, chás, mel, gengibre e outros artifícios, pois só mascaram o problema. Alguns dão uma sensação de alívio momentâneo, mas depois podem piorar o problema e mascarar um problema maior.

Outro alerta é quanto a fazer exercício de voz, aquecimento e desaquecimento sem orientação profissional. Isto não é recomendado.
Outra orientação é, em caso de resfriados, gripes e rouquidão, ter repouso vocal é extremamente importante para a recuperação da saúde vocal.

.

CUIDADOS COM A VOZ

1. Ficar atento a mudanças na voz, como volume mais baixo, falhas, ardência, cansaço ou rouquidão; não está saindo limpa ou está saindo trêmula
2. Rouquidão que perdura por mais de 15 dias precisa ser avaliada por profissional

3. Profissionais que usam muito a voz (professores, locutores, cantores, telefonistas e outros) precisam estar mais atentos a sintomas de problemas e consultar regularmente o médico
4. Evite usar produtos que só mascaram problemas na voz, como drops, pastilhas, sprays. O ideal é consultar o profissional para diagnóstico e tratamento adequado
5. Exercícios de aquecimento e desaquecimento da voz devem ser feitos com orientação do fonoaudiólogo
6. Descanse a voz, evitando falar muito, quando estiver gripado, resfriado ou rouco.

OUTRAS DICAS

-Beber água com frequência – oito copos por dia – à temperatura ambiente
-Reduzir a ingestão de bebidas alcoólicas, café, chá e bebidas com gás
-Não fumar e evitar frequentar ambientes com fumo;
-Evitar ambientes com pó, cheiros fortes e ar condicionado;
-Falar devagar e realizar pausas respiratórias frequentes, articulando bem as palavras;
-Não falar muito alto ou durante períodos prolongados, principalmente em ambientes ruidosos;
-Não sussurrar – o esforço para sussurrar é maior do que quando se fala normalmente;
-Ter um estilo de vida saudável: alimentação equilibrada, dormir bem e praticar desporto.

SAIBA MAIS SOBRE O DIA MUNDIAL DA VOZ

A voz é o nome dado para o som feito com o uso das cordas vocais, seja pra falar, cantar, gritar, etc. São necessários três mecanismos para gerar a voz humana: os pulmões, as pregas vocais da laringe, e os articuladores, como a língua, dentes, e os lábios. É produzido um fluxo de ar pelo pulmão, que é expulso pelo diafragma e passa pelas pregas vocais. Elas fazem uma vibração e transformam esse ar em pulsos sonoros, já os músculos da laringe são responsáveis por ajustar a duração e a tensão das pregas vocais, que adequam a altura e tom da voz. Por fim, o som é articulado e filtrado pelos articuladores. Dependendo da emoção que a pessoa transmite, o tom da voz pode ser alterado de diferentes formas, seja para demonstrar raiva, surpresa, ou felicidade. Ela é usada também como instrumento de trabalho para os cantores.

Desta forma, a voz é também merece ter um dia especial. Esta comemoração iniciou-se no Brasil a partir de 1999 e somente em 2003 tornou-se internacional. Na ocasião, a data é celebrada por meio de eventos organizados em países de todos os continentes.

Importância da voz
A data é uma forma de lembrar que a voz também merece cuidado e precisa ser cuidada em todas as fases de sua vida. Diante disso, o dia 16 de abril foi escolhido como uma forma de conscientizar sobre a saúde vocal e também alertar para a sua importância para as relações humanas. Por isso, a data precisa ser lembrada e divulgada, para que as pessoas mantenham alguns cuidados e consigam mantê-la saudável.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte