Geral | Após investigação

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses multa grupos de expedição 4x4

Eles entraram nos limites da unidade de conservação no mês de março; desde 2017, é proibida a entrada de veículos particulares de visitantes
13/04/2019 às 09h38
Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses multa grupos de expedição 4x4Divulgação

A equipe de fiscalização do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses autuou dois grupos de expedição 4x4 que entraram nos limites da unidade de conservação no mês de março. Desde 2017 é proibida a entrada de veículos particulares de visitantes. A medida visa preservar os atributos naturais do parque, concentrando o acesso dos visitantes nos veículos credenciados que são equipados para a atividade e seguem as rotas definidas pela administração do parque.

O primeiro grupo denominado Desorganização OffRoad invadiu a unidade de conservação com 11 veículos durante o período do carnaval com ajuda de guia local. Eles cruzaram o parque passando inclusive pela zona primitiva circulando sobre dunas fixas e móveis, paleomangues, lagoas e rios causando revolta a todos que vivem e trabalham no parque seguindo suas normas de visitação.

Outro grupo com cinco UTVs (veículo utilitário multitarefas, da sigla em inglês), também contando com o apoio de morador da região, invadiu a zona costeira do parque chegando à foz do Rio Negro e estacionando sobre as formações da cachoeira do Bonzinho.

Depois de um mês de investigação o ICMBio identificou os envolvidos e lavrou multas no valor de R$10.000,00 para cada envolvido por infringir as normas de visitação do parque causando danos diretos ao meio ambiente e danos indiretos ao usar do poder econômico para forçar moradores locais a quebrar as regras e incentivar atividade proibida através de postagens nas redes sociais. Além do processo administrativo ambiental, todos os envolvidos responderão ainda processo criminal na medida em que a atividade causa danos diretos e indiretos à unidade de conservação de proteção integral.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte