O Mundo | Alvo de protestos

Militares prometem novo governo civil no Sudão

Após queda do ditador, manifestantes rejeitam ''promessa'' e se opõem a período de transição de dois anos pré-eleições; conselho diz que Bashir não será extraditado
13/04/2019

CARTUM - O conselho militar sudanês que assumiu o poder do Sudão prometeu na sexta-feira,12, que o país terá um novo governo civil. Na véspera, as Forças Armadas forçaram a renúncia do ditador Omar al-Bashir, no comando nacional havia 30 anos, depois de quatro meses de manifestações populares. Mas os próprios militares viraram alvo dos protestos ao anunciarem um período de transição de dois anos, apenas depois dos quais haveria eleições.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte