Esporte | Quem sai?

Indefinição segue no Sampaio, e lista de dispensa circula na imprensa

Presidente do clube não confirmou nomes, mas afirmou que enviou nomes ao setor jurídico para análises de contratos
Eduardo Lindoso / O Estado12/04/2019 às 16h08
Indefinição segue no Sampaio, e lista de dispensa circula na imprensa Jogadores do Sampaio vivem momento de incerta na temporada (Biné Morais / O ESTADO)

SÃO LUÍS – O que parecia inevitável no Sampaio começa acontecer. Mesmo ainda sem um posicionamento definitivo da diretoria sobre a permanência ou não do técnico, começa a circular na imprensa uma lista com nomes de oito atletas que deve ser desligados do clube nas próximas horas. Mesmo sem uma confirmação oficial da assessoria de imprensa tricolor, a tendência é que aconteça mesmo uma “limpeza” no atual elenco, que teve um péssimo desempenho neste início de temporada. Foram duas desclassificações seguidas e poucas boas apresentações.

Bastante questionados pela diretoria, os atletas Rodrigo Santos (goleiro), Ton Abreu (volante), João Felipe (meia), Salatiel (atacante), Thiago (base), Fernando (base), Marcony (atacante) e Patrick Mota (volante), que, inclusive, já se resolveu com a direção e deixou o clube, fazem parte de uma lista que circula na imprensa.

Em contato com a reportagem do jornal O Estado, o presidente Sérgio Frota informou que encaminhou oito nomes ao setor jurídico do clube para analises dos contratos, porém o mandatário não quis adiantar quais seriam esses atletas.

Eliminado precocemente da Copa do Nordeste e do Estadual, o Sampaio Corrêa só volta a campo no dia 27 deste mês, quando enfrenta o Confiança (SE), em Sergipe, na abertura da primeira rodada da Série C.

Reforços em pauta

Em reportagem no site oficial do clube, Sérgio Frota adiantou que tem seis jogadores em negociações avançadas para reforçar a Bolívia, de vários setores do campo, e só aguarda a concretização das negociações para anunciar os nomes.

“O Julinho [técnico] indicou os atletas, e nós estamos negociando para que todos já estejam, no máximo, até segunda-feira aqui em São Luís. São peças pontuais, que estão em atividade, e chegarão para nos ajudar nesse projeto de brigar pelo acesso”, afirmou o presidente boliviano.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte