Esporte | Prazo longo

Convênio firmado prevê reforma do Castelinho em até cinco anos

O excesso de prazo para a recuperação do ginásio, que desabou no dia 6 de março, durante um temporal, por visível falta de manutenção, foi estabelecido por uma das cláusulas do convênio
Daniel Matos/ O Estado12/04/2019
Convênio firmado prevê reforma do Castelinho em até cinco anosParte do ginásio desabou no dia 6 de março, durante um temporal (Reprodução)

São Luís - Um Termo de Acordo firmado en­tre as secretarias de Estado da Infraestrutura (Sinfra) e de Desportos e Lazer (Sedel), publicado no Diário Oficial do Estado no último dia 3, prevê a reforma do Ginásio Georgiana Pflueger, popularmen­te conhecido como Castelinho, em até cinco anos. O excesso de prazo para a recuperação do ginásio, que desabou no dia 6 de março, durante um temporal, por visível falta de manutenção, foi estabelecido por uma das cláusulas do convênio.

Em sua cláusula quarta, o Termo de Acordo diz que a parceria terá vigência inicial de 12 meses, mas pode ser prorrogada por iguais e sucessivos períodos, até o limite legal de 60 meses. Ou seja, o convênio poderá se estender por até cinco anos. Caso seja decorrido todo esse tempo, a reinauguração do ginásio caberá ao sucesso do governador Flávio Dino (PCdoB).

A mesma cláusula do Acordo de Cooperação Técnica faz referência à expressão termo aditivo, que pode significar tanto adição de tempo, quanto acréscimo de recursos para a execução da reforma, cujo valor orçado ainda não foi divulgado. A julgar pelo prazo máximo fixado, a expectativa é que a reabilitação da estrutura do Castelinho consuma alta soma em verbas públicas.

O convênio prevê que a Sinfra auxilie a Sedel na elaboração de projetos de engenharia, termos de referência e projetos básicos, arquitetônicos e urbanísticos e demais intervenções necessárias, por meio de equipe técnica especializada própria. Pelo Termo de Adesão, a Sinfra também deve notificar a Sedel acerca de eventuais fatos que ocasionem atraso ou alteração no cronograma de execução da obra.

O Castelinho foi construído na década de 1980 e faz parte do Complexo Esportivo Outeiro da Cruz, mais conhecido como Complexo Esportivo Canhoteiro, que foi inaugurado em 1982 e abriga, além do ginásio, o estádio de futebol Castelão, pista de atletismo, parque aquático, ginásio de artes marciais, pista de skate e pista de kart, com área total de 420.000 metros quadrados.

Localizado na Travessa Guaxenduba, nº 100, Outeiro da Cruz, o Castelinho é um ginásio poliesportivo com capacidade para 6.500 pessoas. É equipado com vestiário, banheiros, academia, alojamento, sala vip, área de administração, lanchonete, sala e vestiários para arbitragem.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte