Geral | Mais Médicos

Cidades que perderam médicos terão financiamento, diz ministério

Estendido para seis meses o prazo de pagamento da verba de custeio às unidades básicas de saúde que perderam profissionais do programa federal em fevereiro
06/04/2019

BRASÍLIA - Portaria do Ministério da Saúde publicada sexta-feira, 5, no Diário Oficial da União estende para seis meses o prazo de pagamento da verba de custeio às unidades básicas de saúde que perderam profissionais do Programa Mais Médicos em fevereiro. Até então, o repasse era cortado caso a unidade permanecesse sem profissionais por mais de dois meses.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte