Esporte | Mineiro

Independência, América e Cruzeiro buscam na final

América e Cruzeiro se enfrentam, na tarde deste domingo, às 16h (de Brasília), para a primeira partida das semifinais do torneio estadual.
Gazetapress31/03/2019 às 07h00
Independência, América e Cruzeiro buscam na finalFábio, goleiro do Cruzeiro, em treino na Toca da Raposa (Vinnicius Silva/Cruzeiro)

Belo Horizonte - Para o Cruzeiro, o Campeonato Mineiro é apenas mais um torneio, mas o menos importante no momento. Já para o América, é a oportunidade de marcar bem a primeira parte do ano sonhando com um futuro promissor. Assim, com essas realidades, América e Cruzeiro se enfrentam, na tarde deste domingo, às 16h (de Brasília), para a primeira partida das semifinais do torneio estadual.

O América entra em campo com o histórico negativo de ter sido eliminado precocemente para o Juventude na Copa do Brasil. Transformar em quente a ducha de água fria só será possível caso o Coelho consiga se superar e enfrentar o todo poderoso Cruzeiro.

A Raposa está com o moral elevado. O time tem 100% de aproveitamento na Copa Libertadores, lidera o Grupo B com honra e vantagem para ter tranquilidade para as próximas partidas. Além disso, há ainda o sonho de conquistar coisas maiores: a própria competição continental, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Para a partida, as equipes vão estar com suas forças principais. Pelo do América, o meia Matheusinho está liberado para retornar. O Cruzeiro ainda não poderá contar com importantes peças como Raniel e Thiago Neves.

Raposa em vantagem

Por ter tido melhor rendimento na primeira parte do Campeonato Mineiro, o Cruzeiro poderá entrar em campo com o privilégio de jogar por dois resultados iguais. Pelos lados do Coelho, os atletas acreditam na capacidade de reverter essa situação.

“O Cruzeiro tem a vantagem de dois resultados iguais. Sabemos disso e queremos buscar o bom resultado para reverter isso. Com bastante foco e trabalho, podemos, sim, fazer um grande jogo e, quem sabe, levar um bom resultado para a segunda partida”, salientou o volante Zé Ricardo.

O técnico Mano Menezes ressaltou as estratégias que o Cruzeiro pode utilizar contra o América, no domingo.

“Eu acho que as características dos jogadores são fundamentais para ter uma pequena variação tática. Já jogamos de três maneiras diferentes, já jogamos no 4-3-3, 4-3-2-1 e com duas linhas de quatro e dois homens na frente. Durante os jogos fizemos as alterações e fizemos para sentir o rendimento e adaptação para variações que são as básicas. A questão estratégica, a tática, o bloco médio, onde marcar acontece diferente em cada momento do jogo ou cada jogo. A equipe está treinada para fazer as variações e estratégia de maneira que atenda as necessidades de cada momento”, finalizou Mano.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA X CRUZEIRO

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 31 de março de 2019, Domingo
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Assistentes: Bruno Boschilia e Felipe Alan Costa de Oliveira

AMÉRICA-MG: Fernando Leal; Ronaldo, Paulão, Diego Jussani e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho (Morelli) e Marcelo Toscano; Matheusinho, Júnior Viçosa e Felipe Azevedo
Técnico: Givanildo Oliveira

CRUZEIRO: Fábio; Edílson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel; Fred
Técnico: Mano Menezes

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte