Polícia | Arquivamento

Após sete anos, morte de Décio Sá gera crise na segurança pública

Delegado Thiago Bardal denuncia o secretário Jefferson Portela por ter mandado arquivar reabertura do inquérito sobre crime, recomendada pelo Ministério Público
Ismael Araújo30/03/2019

SÃO LUÍS - No próximo dia 23 de abril vai fazer sete anos do assassinato do blogueiro e repórter da editoria de Política do O Estado, Décio Sá, mas ainda suscita questionamentos sobre as circunstâncias do crime. Até o momento pessoas apontadas pela polícia como suspeitos não foram julgadas. O jornalista foi morto a tiros em um bar da avenida Litorânea, em abril de 2012.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte