Geral | Centro de lançamento

EUA podem inspecionar base de Alcântara sem aviso prévio

Acordo proíbe a transferência de tecnologia, salvo em condições de previamente acertadas entre Brasil e Estados Unidos; não há área ''vedada'' a brasileiros em Alcântara, no Maranhão, de acordo com o conteúdo de salvaguardas divulgado ontem
28/03/2019

BRASÍLIA - O Ministério de Relações Exteriores divulgou ontem, 27, o conteúdo do acordo de salvaguardas tecnológicas, firmado com os Estados Unidos, para permitir o lançamento de satélites a partir da base de Alcântara, no Maranhão. O documento de 14 páginas trata, em detalhes, sobre as regras para assegurar que a propriedade intelectual de foguetes, satélites ou componentes tecnológicos fabricados pelos americanos não seja compartilhada com brasileiros ou cidadãos de outras nações.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte