Política | Previdência

Acordo garantirá ida do presidente do Iprev a AL

Segundo o deputado estadual César Pires (PV), o líder do governo, Rafael Leitoa garantiu que Joel Benin dará explicações na Comissão de Administração Pública da Casa
27/03/2019 às 14h43
Acordo garantirá ida do presidente do Iprev a ALCésar Pires havia formulado convite para que o presidente do Iprev fosse a Assembleia Legislativa prestar esclarecimentos sobre o sistema previdenciário do Maranhão (César Pires)

O presidente do Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais do Maranhão (Iprev), Joel Benin, será convidado pela Comissão de Administração Pública da Assembleia Legislativa do Maranhão para prestar esclarecimentos aos deputados sobre a atual situação previdenciária estadual. O convite ao gestor foi acordado pelo deputado César Pires (PV) com o líder do governo, Rafael Leitoa (PDT).

“É uma questão gravíssima que precisa ser discutida por nós, pois há muitos questionamentos sem resposta. Precisamos saber, por exemplo, que bens o governo pretende leiloar para cobrir o rombo no Fundo Estadual de Pensões e Aposentadorias (Fepa), se é verdade que os processos de aposentadoria de servidores estão parados por falta de recursos no Fepa, e se procede a informação de que o Executivo não está fazendo os devidos repasses ao fundo, inclusive dos 15% de responsabilidade do Estado”, declarou César Pires, que havia proposto a convocação do presidente do Iprev para prestar esclarecimentos, mas aceitou que o gestor fosse convidado para reunião na Comissão de Administração Pública.

César Pires disse que o importante é que o presidente do instituto esclareça as dúvidas da oposição e acabe com a preocupação dos servidores estaduais quanto aos seus direitos previdenciários, já que o patrimônio do Fepa, que deveria assegurar o pagamento de pensões e aposentadorias futuras, está sendo destruído. Ele alertou, inclusive, que o governo não está pagando as devidas indenizações pela utilização de imóveis do fundo, como o Sítio do Rangedor e o Ceprama.

“Como é que os imóveis do Fepa estão sendo utilizados sem ressarcimento por parte do Estado? Que bens o governo pretende alienar para cobrir o rombo do fundo? Para onde foram os recursos do fundo e que medidas serão tomadas para repor esse dinheiro? São questões muito preocupantes que precisam ser esclarecidas pelo gestor do Iprev, por isso defendemos a sua vinda à Assembleia para prestar esses esclarecimentos”, enfatizou César Pires.

Com a retirada do requerimento de convocação do presidente Joel Benin, a Comissão de Administração Pública irá convidar o gestor do instituto para uma reunião com os deputados. “O líder do governo nos assegurou que neste mês de abril a direção do Iprev virá prestar os devidos esclarecimentos a esta Casa. Vamos aguardar”, finalizou César Pires.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte