Esporte | Copa do Nordeste-2019

Com "boa campanha" e sem "ajuda dos deuses", Moto Club amarga eliminação

Papão está eliminado do Nordestão com apenas uma derrota e técnico lamenta falta de ajuda dos "deuses do futebol"
Eduardo Lindoso / O Estado25/03/2019 às 16h41
Com "boa campanha" e sem "ajuda dos deuses", Moto Club amarga eliminaçãoO Moto Club empatou com o Fortaleza, por 1 x 1, no sábado (23) (De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS – Assim como o Sampaio, o Moto Club também foi eliminado da Copa do Nordeste neste fim de semana. No entanto, a sensação no Papão é, ao contrário do que acontece no rival tricolor, que faltou um pouco mais de sorte, apesar da campanha irregular. Ao olhar a tabela da competição, fica bem claro que o Rubro-Negro não foi tão mal assim, mas ficou “no quase”. O Moto foi desclassificado com apenas uma derrota, e oito pontos somados. Porém, o time maranhense venceu apenas numa vez, o que é muito pouco. Para compararmos as campanhas, com o desempenho que teve no Grupo B, o Papão estaria neste momento no G-4 do Grupo A, e com chances muito grande de classificação.

Apesar da eliminação na Copa do Nordeste, o Moto Club segue fazendo uma boa temporada. O Papão tem apenas uma derrota na temporada (0x1 para o Santa Cruz) se contarmos como empate a eliminação na Copa do Brasil, que foi nos pênaltis. No Campeonato Maranhense, o Papão está invicto, classificado de forma antecipada, e só levou um gol. Mesmo assim, a equipe não conseguiu avançar na Copa do Nordeste.

Na competição regional o time do técnico Wallace Lemos continuou sendo uma equipe bem postada em campo, porém faltou eficiência no ataque na hora de definir os jogos. O time fez apenas seis gols, em sete jogos. A defesa também levou seis. Desempenho que não agradou o técnico Wallace Lemos.

“A gente sabe que é uma competição muito difícil, enfrentamos grandes equipes e os erros são fatais. Infelizmente, os deuses do futebol não querem que a gente vença na Copa do Nordeste. Estamos trabalhando essas situações para melhorar. A gente tem crescido no aspecto de propor jogo, mas temos que melhorar no aspecto de finalização e bola na rede. Temos que ter tranquilidade para equilibrar o grupo. Melhorar a cada dia para que a gente possa honrar essa camisa como estamos fazendo”, analisou o treinador, em entrevista ao Globoesporte.

A bola não entra

E a falta de pontaria, ou “os deuses do futebol”, como disse Wallace Lemos, segue atrapalhando o Moto na temporada. Para se ter uma ideia, o time empatou seus últimos quatro jogos, contando o empate por 2 x 2 com o ABC, pela Copa do Brasil, que acabou com a eliminação dos maranhenses nos pênaltis. Nestes quatro empates, o time passou dois em branco.

Agora o Moto, que tem 18 jogos em 2019, com nove vitórias, oito empates e apenas uma derrota, volta suas atenções para as semifinais do Estadual. O Papão inicia o mata-mata contra o Maranhão no dia 4 de abril.

CLASSIFICAÇÃO COPA DO NORDESTE


Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte