Cidades | RESERVATÓRIO

Batatã segue inoperante e é símbolo de homenagem no Dia Mundial da Água

População, sobretudo da região do centro de São Luís, não é abastecida pela água do reservatório desde 2013; sistema depende da água da chuva, que não tem sido suficiente para aumentar seu nível
Igor Linhares / O Estado23/03/2019

SÃO LUÍS - O reservatório do Batatã, responsável pelo abastecimento de cerca de 120 mil pessoas em São Luís na década passada, foi abraçado na manhã de sexta-feira (22), data em que se comemora o Dia Mundial da Água, por uma comunidade reunida pela Sociedade Maranhense de Defesa da Natureza (Somadena), projeto que tem por objetivo debater uma consciência sobre os problemas socioambientais que afetam os mananciais da capital. Atualmente, a água da chu­va é o único provedor para manter o reservatório, uma vez que todos os outros pequenos rios e nascentes, que captavam água para o local, foram extintos pela má gestão de recursos hídricos na Ilha. Mesmo assim, o sistema permanece, historicamen­te, inoperante devido o seu baixo nível d’água.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte