Polícia | Estelionato

Estelionatários são presos por policiais da Seic no estado

Quadrilha, que fraudava boletos de condomínio, era chefiada por funcionário do Ministério Público Federal; em um só condomínio de São Luís o prejuízo foi de R$ 700 mil
Ismael Araújo16/03/2019

SÃO LUÍS - Quadrilha acusada de fraudar boletos de cobrança condominiais, chefiada pelo funcionário do Ministério Público Federal Wennys Carlos de Sousa Oliveira, de 31 anos; foi desarticulada durante a operação Trojan Horse da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), ocorrida nesta sexta-feira, 15, em São Luís, Vargem Grande e Pedreiras. A polícia informou que os criminosos teriam causado um prejuízo em torno de R$ 700 mil ao condomínio “Grand Park”.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte