Economia | Cesta básica

Cesta básica comprometeu 40,17% do salário do trabalhador ludovicense

Segundo pesquisa realizada pelo Dieese, trabalhador de São Luís, cuja remuneração equivale ao salário mínimo, necessitou cumprir jornada de trabalho de 81 horas e 18 minutos, em fevereiro, para comprar a cesta de alimentos
14/03/2019

Com o valor da cesta básica em R$ 368,82, aumento de 4,23%, o trabalhador ludovicense comprometeu 40,17% do salário mínimo líquido (após os descontos previdenciários) no mês de fevereiro, com a aquisição de alimentos de primeira necessidade. O comprometimento no orçamento familiar foi maior que o de janeiro, quando ficou em 38,54%.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.