O País | Caso Marielle

Polícia e MP fazem operação para cumprir mandados de busca e apreensão

Serão cumpridos 16 mandados de busca e apreensão autorizados pela Justiça
Estadão Conteúdo13/03/2019 às 10h15
Polícia e MP fazem operação para cumprir mandados de busca e apreensãoMarielle Franco, vereadora assassinada em março de 2018. (AFP)

BRASIL - Polícia Civil e Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro cumprem na manhã desta quarta-feira, 13, mandados de busca e apreensão relativos à investigação dos assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes.

A ação complementar à Operação Lume, deflagrada nesta terça-feira, 12, busca apreender eventuais documentos, mídias eletrônicas, celulares, armas e munições de pessoas identificadas na investigação por ligação com os denunciados Ronnie Lessa e Elcio Vieira de Queiroz.

Serão cumpridos 16 mandados de busca e apreensão autorizados pela Justiça em diversos endereços na capital.

Nesta terça-feira, operação conjunta do MP-RJ e da Polícia Civil prendeu o PM reformado Ronnie Lessa e o ex-PM Élcio Vieira de Queiroz.

Segundo o MP, Lessa é o autor dos disparos de arma de fogo que mataram Marielle e Anderson. Já Elcio é apontado como o motorista do veículo Chevrolet Cobalt usado no crime. Os dois foram denunciados por homicídio qualificado e por tentativa de homicídio de uma assessora da vereadora que estava dentro do carro emboscado.

Os advogados de Ronnie Lessa e Elcio Vieira de Queiroz negaram o envolvimento de seus clientes no caso. Os dois devem ser transferidos ainda nesta quarta-feira para unidades prisionais.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte