Geral | Interceptação

Alarme dispara e evita assalto a agência bancária em Timon

De acordo com levantamento da polícia, esta é a terceira ação registrada em menos de seis meses, na agência
OESTADOMA.COM11/03/2019 às 09h53
Alarme dispara e evita assalto a agência bancária em TimonOs bombeiros entraram mascarados dentro da agência bancária com receio de uma nova explosão. (Reprodução / G1 PI)

TIMON – Mais uma tentativa de arrombamento foi registrada, na noite desse domingo (10), em uma agência da Caixa Econômica Federal, no município maranhense de Timon. Por volta das 20h30 de ontem, o alarme do banco disparou, frustrando a ação do bando criminoso e mobilizando equipes do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar.

Leia também:

Polícia prende quadrilha de assaltantes do Banco do Brasil

Criminosos explodem banco em Santana do Maranhão

Polícia caça quadrilheiros que aterrorizaram Bacabal

De acordo com levantamento da polícia, esta é a terceira ação registrada em menos de seis meses. No ano de 2017, durante a explosão dos caixas eletrônicos da agência, um morador de rua foi morto a tiros pelos criminosos. Ainda segundo a polícia, ao menos cinco homens participaram da ação, sendo presos no ano seguinte, durante a operação Metalon.

Conforme informou o sargento Giovani, do Corpo de Bombeiros de Timon, o sistema de segurança da agência disparou quando o suspeito tentou violar o caixa eletrônico.

Os bombeiros entraram mascarados dentro da agência bancária com receio de uma nova explosão. Entretanto, o problema só foi detectado pela Polícia Militar, ao encontrar um chupa cabra em um dos caixas eletrônicos.

"O gerente e a empresa de segurança foram acionados. A Polícia Militar detectou um suspeito tentando violar o caixa eletrônico usando um chupa cabra, por esse motivo o sistema de segurança disparou", informou o sargento.

A polícia segue em busca dos suspeitos, que até o momento não foram identificados.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte