Polícia | Criminoso

Foragido da Papuda em Brasília é preso no interior do Maranhão

Criminoso é acusado de matar empresário em Luís Domingues, no Maranhão; e por latrocínio no Distrito Federal
Ismael Araújo09/03/2019

LAGO DA PEDRA - Um dos foragidos do presídio da Papuda, em Brasília, identificado como Romário Alves de Sousa Silva, de 22 anos, até esta sexta-feira, 8, continuava no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. De acordo com a polícia, ele foi preso em flagrante na cidade de Lago da Pedra, no dia 18 de janeiro deste ano, acusado pelo assassinato do empresário Francisco Lopes de Moraes, o Casa Grande, de 49 anos, em Luís Domingues. No Distrito Federal, ele respondia por crime de latrocínio que teve como vítima o mergulhador panambiense Luciano Heusner, ocorrido no dia 8 de dezembro do ano passado.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte