Geral | Mais uma vez

Favela do Samba é consagrada com 19º título de campeã em São Luís

Apuração das notas das escolas foi realizada na tarde da quarta-feira (6); Flor do Samba ficou em segundo lugar e Turma de Mangueira foi a terceira colocada
07/03/2019

SÃO LUÍS - A Favela do Samba sagrou-se campeã pela 19ª vez no Carnaval de São Luís. A apuração das notas das escolas do grupo A, que levaram cores e alegria à Passarela do Samba, no domingo (3) e segunda (4), ocorreu na tarde de ontem (6), no Teatro Alcione Nazaré, no centro da capital. A Flor do Samba ficou em s­egundo lugar. A Turma de Manguei­ra foi a terceira colocada, seguida por Turma do Quinto e Império Serrano.

Após a consagração da Favela do Samba, o presidente da agremiação, João Morais, agradeceu, ainda emocionado, a todos que trabalharam neste ano: “Eu não poderia deixar o meu último mandato da Favela sem ser campeão. Essa é uma vitória coletiva, diante de todas as dificuldades que encontramos”.

Com o enredo “Sob o brilho de um cometa chamado Jesiel”, homenagem ao publicitário Jesiel Sales, assassinado em 2018, a Favela levou para a passarela 1.500 integrantes, 17 alas e quatro carros alegóricos.

“Foi uma linda homenagem e muito importante para nós. Ele teve grandes trabalhos na cidade, com grandes artistas. Então, nada mais justo que trazermos sua vida à avenida”, ressaltou.

Jesiel Sales foi campeão em 2017 com a agremiação, quando trabalhou o tema “Cinema”. Um dos pontos altos foi a distribuição de mais de 3 mil DVDs, fruto de um trabalho feito em parceria entre Jesiel, o cantor César Nascimento e o fotógrafo Meireles Júnior.
A escola venceu com uma diferença de 0.3 pontos em relação à segunda colocada, Flor do Samba.

Quesitos
As escolas foram avaliadas por 27 jurados nos seguintes quesitos: Enredo; Letra e Samba; Bateria; Evolução e Conjunto; Melodia; Fantasia; Alegorias e Adereços; Comissão de Frente e Mestre-Sala e Porta-Bandeira.

A escola Flor do Samba, que trouxe o enredo “Viva essa energia”, se consagrou como vice-campeã de 2019. A agremiação, que foi a última a passar pela Passarela no domingo (3), levou muita alegria e alto nível à pista, com cores, luzes e muita fumaça, mesmo abaixo de forte chuva.

O terceiro lugar ficou com a Turma de Mangueira, que levou à Passarela o desfile “Pelas mentes de um fofão: uma viagem aos antigos carnavais”. A escola também foi considerado um dos pontos altos da noite do domingo (3), recebendo fortes elogios dos seus carros alegóricos.

Sobre a favela

A Favela do Samba foi fundada em 26 de outubro de 1950, no bairro do Sacavém. Tem como símbolo a lira, que foi idealizada pelo senhor Arcelino. Suas cores são azul, amarelo e branco. Agora, possui 19 títulos, sendo o primeiro em 1977.

Em 1984, não desfilou, mas trouxe Neguinho da Beija-Flor para gravar o samba-enredo “Êta mulher paid'égua”. Foi heptacampeã consecutivamente entre os anos de 2006 e 2012, igualando-se à Portela do Rio de Janeiro, que foi campeã entre os anos de 1941 a 1947.

Fique por Dentro

Confira a pontuação das escolas

Favela do Samba - 269 pontos
Flor do Samba - 268.6 pontos
Turma da Mangueira - 268 pontos
Marambaia - 266.9 pontos
Turma do Quinto - 266.8 pontos
Império Serrano - 265 pontos
Mocidade Independente da Ilha - 260.6 pontos
Túnel do Sacavém 260.2 pontos
Unidos de Fátima - 258.5 pontos
Terrestre do Samba - 256.1 pontos

Galeria de fotos

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte