Cidades | Carnaval

“Irreverência e pé no chão” são as marcas da Banda de Ipanema

Segundo presidente da banda, estes são os segredos do bloco, que é patrimônio Cultural da Cidade do Rio de Janeiro e não usa carro de som nos desfiles; som vem dos instrumentos e do canto direto dos seus músicos
04/03/2019

Rio de Janeiro - Em clima de irreverência e descontração, milhares de foliões marcaram presença na tradicional Banda de Ipanema pelas ruas do bairro. O tom da festa foi dado pelas marchinhas do carnaval antigo que marcaram época e nos tradicionais sambas-enredo das escolas de samba na passagem pela orla do bairro e também do seu grande homenageado deste ano, deste ano, o cantor Paulinho da Viola.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte